Mediadora imobiliária viu a rede de associados crescer 28% em 2020, para 2.200, distribuídos em 26 Market Centers.

A Keller Williams (KW), empresa global de formação e tecnologia especializada no ramo de mediação imobiliária, cresceu em Portugal em 2020, ano marcado pela chegada da pandemia da Covid-19, tendo registado um aumento do volume de vendas de 19%. O mesmo aconteceu com as angariações, que dispararam cerca de 30% face a 2019. 

“A larga experiência de quase 40 anos de existência preparou-nos para enfrentar momentos desafiantes como foi 2020. Por isso, estes resultados refletem a grande capacidade da KW de fazer crescer sustentadamente os seus associados, graças à partilha de ‘best practices’ e aos modelos e sistemas, bem como a formação de grande proximidade”, diz Eduardo Garcia e Costa, presidente da KW em Portugal, em comunicado.

Segundo a mediadora, que chegou a Portugal em 2014, a rede de associados aumentou 28% em 2020, sendo já mais de 2.200 em todo o país, distribuídos em 26 Market Centers.

“Com os resultados alcançados em 2020 foi, assim, possível à KW distribuir cerca de 500 milhões de euros pelos seus associados que integram o programa de Growth Share da empresa, que funciona como recompensa pelo contributo para o crescimento e construção da rede imobiliária. Desde o início, a KW em Portugal já distribuiu mais de 2,5 milhões de euros extra pelos seus consultores e equipas que fazem parte do programa de Growth Share”, lê-se na nota enviada às redações.

Artigo de idealista.pt